uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Como escapar ao controle das empresas informáticas sem ficar à margem?

Edição de 06.03.2019 | O MIRANTE dos Leitores

Já toda a gente sabe e aceita sem protestar que, quando fazemos uma pesquisa num motor de busca, vamos andar durante algum tempo a receber publicidade relativa ao produto ou serviço que pesquisámos. Dizem que esse massacre é o preço a pagar para não sermos uns excluídos dos tempos modernos. Basta pensar que se queremos usar uma APP (aplicação) num telemóvel temos que autorizar o acesso a todo o nosso telemóvel...
A semana passada mandei um e-mail a um amigo, no qual, entre outras coisas, lhe referia andar com um problema auditivo e passado algum tempo, não sei se uma hora, recebi um e-mail de uma empresa de amplificadores acústicos, daqueles que se colocam no ouvido. Coincidência? Eu não acredito... mas se poucos se importam com estas coisas para que vou eu passar por paranóico?
É como a privacidade. Há cada vez mais portugueses ciosos da sua privacidade. Recusam dar autorização, por exemplo, para que os filhos menores sejam filmados e fotografados em actividades escolares desde que essas imagens venham a ser tornadas públicas, o que é compreensível. O que não é compreensível é que depois sejam eles a publicar fotos e filmes das mesmas crianças nas redes sociais, alguns em zonas de acesso aberto e outros em zonas em que só podem ser vistos pelos seus dois ou três mil “amigos”.
Vasco Vieira S. Carmona

Mais Notícias

    A carregar...