uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Meia centena de idosos de Vila Franca de Xira já beneficiam de teleassistência
Cinquenta idosos que vivem sozinhos no concelho de Vila Franca de Xira já utilizam o sistema de teleassistência

Meia centena de idosos de Vila Franca de Xira já beneficiam de teleassistência

Intenção do município é vir a duplicar o número de pessoas abrangidas pelo sistema, em particular as que se encontram sozinhas ou em situações de exclusão social.

Edição de 07.08.2019 | Sociedade

Implementado desde 2012, e feito em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa desde 2016, o projecto de teleassistência a idosos no concelho de Vila Franca de Xira conta já com meia centena de utentes ligados à rede - 48 equipamentos estão ligados a redes fixas de telefone e outros dois a serviços de telemóvel.
O programa tem especial enfoque nos idosos que vivem sozinhos ou em situação de exclusão social, permitindo que em caso de necessidade possam entrar em contacto directo com quem os ajude. Na última semana foi aprovada por unanimidade uma proposta de projecto de regulamento municipal desse serviço de teleassistência, para seguir para consulta pública.
Tem como objectivo melhorar a qualidade de vida da população, promovendo a sua saúde e bem-estar, segurança, maior autonomia e auto-estima e reduzir o isolamento social, além de contribuir para que os familiares se sintam mais tranquilos na sua tarefa de cuidar e proteger.
O projecto, considerou Helena de Jesus, vereadora com o pelouro da intervenção social, tem sido um êxito e uma resposta diferenciadora aos idosos que vivem sozinhos. O equipamento pode estar associado a qualquer operador telefónico e a pulseira que os utilizadores usam em caso de emergência é à prova de água. Podem fazer chamadas a qualquer hora e os operadores do outro lado da linha são da Cruz Vermelha. “Os operadores fazem uma chamada semanal para cada um dos utentes, caso não haja nenhuma chamada num determinado período de tempo, e também realizam outra chamada no dia do aniversário do utente”, explica.
Os técnicos da câmara também acompanham as situações mais complicadas de exclusão. A previsão do executivo é de vir a duplicar em breve o número de idosos a receber apoio da teleassistência, no âmbito do financiamento comunitário do programa “Operação Activ@mente”.
O regulamento prevê que possam beneficiar do serviço as pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, que vivam sozinhas ou em situações de isolamento geográfico ou social ou que tenham um grau de incapacidade comprovado. Entende-se por isolamento temporário quem esteja sozinho durante o dia ou a noite, por um período superior a seis horas. É obrigatório residir no concelho de Vila Franca de Xira e os agregados em situação económica desfavorecida também podem solicitar o serviço de teleassistência.
“Teremos de fazer um trabalho maior de sensibilização para mostrar que temos este serviço acessivel e disponível”, reconheceu Helena de Jesus. O serviço é gratuito e funciona 24 horas por dia.

Meia centena de idosos de Vila Franca de Xira já beneficiam de teleassistência

Mais Notícias

    A carregar...