uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

EDP assegura projecto de energia solar no Ribatejo

Segundo a empresa o empreendimento deve estar instalado até 2022

Edição de 11.09.2019 | Economia

A EDP vai assegurar o projecto de energia solar que vai ser produzido no Ribatejo, com uma capacidade total de 142 megawatts (MW), e com instalação prevista até 2022. Numa comunicação publicada a 30 de Agosto na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa adiantou que o projecto vai ser garantido pela EDP – Energias de Portugal através da sua subsidiária EDP Renováveis (EDPR).
“A EDP (…) garante contrato de longo prazo de 15 anos no leilão português de energia solar, para a venda de electricidade a ser produzida pelo projecto solar Ribatejo, com uma capacidade total de 142 MW”, pode ler-se na nota.
A empresa recorda que no leilão de 1,4 GW de energia solar realizado em Portugal em Julho deste ano, a EDPR foi a única licitante do Lote 12. “No entanto, após este processo, a Direcção-Geral de Energia e Geologia, no âmbito das suas competências próprias relativas à condução do procedimento concursal, aceitou a proposta da EDPR de capacidade de interconexão para desenvolver o projecto Ribatejo (Lote 12) com uma tarifa de €20,89/MWh (preço médio ponderado resultante do leilão)”, é referido na nota.
A EDP destaca também que com este novo projecto, a EDP tem contratados 750 MW de capacidade solar com instalação prevista até 2022, em Portugal, Estados Unidos da América e Brasil, garantindo 50% dos 7,0 GW de capacidade global previsto para o período de 2019-2022, conforme anunciado no Strategic Update de 12 de Março de 2019.

Mais Notícias

    A carregar...