uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Centro de Dia de Carvalhal de Aroeira completa 20 anos com novo lar na agenda
Dirigentes da associação acreditam que as obras para o novo lar de idosos possam arrancar no próximo ano

Centro de Dia de Carvalhal de Aroeira completa 20 anos com novo lar na agenda

Direcção da instituição prevê iniciar as obras do novo equipamento em 2020 para proporcionar mais uma resposta social à população da aldeia do concelho de Torres Novas e das localidades vizinhas.

Edição de 11.09.2019 | Sociedade

No Centro de Dia de São Silvestre, na aldeia de Carvalhal de Aroeira, concelho de Torres Novas, o lema é tornar sonhos em realidade e foi isso mesmo que aconteceu há 20 anos quando abriram as portas aos primeiros utentes dessa instituição. A Associação do Centro, como é designada a entidade que construiu o Centro de Dia, foi criada por um grupo de populares que, sem apoios oficiais ou quaisquer incentivos financeiros, colocou mãos à obra e o resultado desse trabalho cumpre esta sexta-feira, 6 de Setembro, 20 anos de existência.
A cereja no topo do bolo, após cerca de 10 anos de espera, com alguns percalços burocráticos pelo meio, é a construção do Lar de Idosos, que aguarda apenas pela inscrição da obra na plataforma do Governo para a empreitada seguir para concurso público. “Se tudo correr pelo melhor, dentro de três meses teremos a obra adjudicada e em 2020 iniciaremos a construção do nosso Lar de Idosos”, diz Maria de Lurdes Correia, presidente da direcção do Centro de Dia de São Silvestre em conversa com O MIRANTE.
Parte dos terrenos onde se localiza o Centro de Dia e onde será construído o Lar foram dados pela Confraria do Santíssimo Sacramento e a outra parte comprada por um valor simbólico ao Seminário de Santarém.
A instituição, para além de ser uma das maiores empregadoras da zona, com 14 funcionárias a trabalhar, dá apoio a cerca de uma centena de utentes, distribuídos pelas três valências da instituição, centro de dia, apoio domiciliário e centro de convívio.
Esta é considerada a casa da aldeia, já que todos trabalham para o bom funcionamento da instituição. Casos há em que quando alguém faz anos na aldeia vai celebrar ao centro. “Somos como que uma grande família. Temos uma população muito envelhecida e as pessoas sabem que seja do Carvalhal de Aroeira, seja das aldeias vizinhas, todas vêm aqui parar um dia”, sublinha a presidente da direcção.
A 19 de Março de 1994 foi lançada a primeira pedra para a construção do Centro de Dia de São Silvestre de Carvalhal de Aroeira, em conjunto com o esforço e contribuição das populações. Após anos de muitas adversidades, a 6 de Setembro de 1999 o Centro de Dia abriu pela primeira vez as portas, iniciado o seu funcionamento.
A inauguração oficial concretizou-se no dia 17 de Setembro desse ano, na qual esteve o então ministro do Trabalho e Solidariedade Social, Ferro Rodrigues, e representantes das entidades do poder local.
Em 1992 a associação ganhou o estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS). Esta sexta-feira, 6 de Setembro, o Centro de Dia vai estar em festa. Os trabalhos elaborados pelas utentes do centro de convívio vão ser colocados em exposição e música e alegria não vão faltar.

Centro de Dia de Carvalhal de Aroeira completa 20 anos com novo lar na agenda

Mais Notícias

    A carregar...