uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Morre quando passeava de bicicleta com amigos
foto DR Carlos Pereira trabalhava na empresa Granel do Sobralinho

Morre quando passeava de bicicleta com amigos

Carlos Pereira perdeu a vida em resultado da colisão com um automóvel em Covão do Coelho, perto de Minde. Tinha 46 anos e pertencia ao Núcleo de Cicloturismo de Alcanena há vários anos.

Edição de 11.09.2019 | Sociedade

Carlos Pereira, 46 anos, residente em Alcanena, morreu após um veículo ligeiro de passageiros ter colidido com a bicicleta que conduzia na Estrada Nacional 360, em Covão do Coelho, concelho de Alcanena. O acidente ocorreu pelas 12h16 de domingo, 1 de Setembro.
Segundo o que O MIRANTE conseguiu apurar, Carlos Pereira estava a fazer o seu passeio de bicicleta com amigos, como era habitual aos domingos, quando, ao ultrapassar uma carrinha, embateu frontalmente num automóvel que circulava na via contrária. Os colegas, que assistiram a tudo, dizem que o ciclista ainda tentou voltar à sua faixa de rodagem, mas já não conseguiu evitar o acidente.
À chegada do socorro ao local, a vítima encontrava-se em paragem cardiorrespiratória. Foi a equipa médica da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Leiria que, depois de várias manobras de reanimação, declarou o óbito. No local estiveram 18 operacionais apoiados por quatro viaturas.
Carlos Pereira era comercial há seis meses na empresa Granel – Moagem de Cereais S.A., no Sobralinho, concelho de Vila Franca de Xira, e fazia parte do Núcleo de Cicloturismo de Alcanena há vários anos. Era apaixonado por bicicletas e conhecia bem a zona. Em Alcanena quem conhecia Carlos Pereira diz que era uma pessoa animada e sempre pronta a ajudar o próximo. No mundo das duas rodas era uma pessoa muito estimada.

Morre quando passeava de bicicleta com amigos

Mais Notícias

    A carregar...