uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Vila Franca de Xira quer afirmar-se como destino turístico para o mundo
António Oliveira, vicepresidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira abriu a terceira edição das Jornadas de Turismo

Vila Franca de Xira quer afirmar-se como destino turístico para o mundo

Vice-presidente do município diz que o enoturismo e turismo religioso são eixos fundamentais e em marcha para atrair visitantes ao concelho. O desafio para os próximos anos passa por criar mais alojamento local e menus turísticos na restauração.

Edição de 09.10.2019 | Sociedade

O município de Vila Franca de Xira quer ser um destino com interesse turístico para visitantes dos quatro cantos do mundo e acompanhar a linha de crescimento do sector em Portugal. Para isso, tem apostado em dois nichos que acredita terem o potencial necessário: o turismo religioso e o enoturismo.
Foi com o objectivo de fazer crescer o turismo religioso que o município já concluiu a marcação dos Caminhos da Fé - de Fátima e Santiago - com a nova sinalética e as alterações do traçado, visando dar mais e melhor segurança ao peregrino, ao longo de um percurso de 33 quilómetros. A informação foi avançada pelo vice-presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, António Oliveira (PS), na cerimónia de abertura da terceira edição das Jornadas de Turismo que teve lugar na Fábrica das Palavras, no dia 27 de Setembro.
Falando perante uma plateia de jovens estudantes de turismo, o autarca vincou que na valorização destes percursos o desafio se estende ao alojamento local e sector da restauração, através da criação de “tarifas e menus especiais para peregrinos, algo que já acontece noutras localidades”. Ao mesmo tempo destacou a importância da estreita colaboração da Entidade Regional do Turismo da Região de Lisboa e do Turismo de Portugal na continuidade do desenvolvimento e melhoramento de projectos turísticos de âmbito local ou regional.
Na abertura das terceiras Jornadas de Turismo de Vila Franca de Xira que pretendiam assinalar o Dia Mundial do Turismo estava anunciada a presença de Vítor Costa, presidente da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa e Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal que não compareceram.
No enoturismo que tem como ex-libris o vinho de produção municipal, Encostas de Xira, António Oliveira referiu que esta vertente tem vindo a ser trabalhada, nomeadamente em feiras e eventos de promoção turística por todo o país, destacando a Bolsa de Turismo, em Lisboa, a Feira Ibérica de Turismo, na Guarda, e a Feira Nacional da Agricultura, em Santarém. O autarca apontou como meta para o próximo ano a presença na Feira de Navartur e na Turexpo, ambas em Espanha.
Ainda no âmbito do desenvolvimento do enoturismo, António Oliveira, falou da intenção de se vir a proporcionar aos visitantes o contacto com a produção vinícola na Subserra e a criação de alojamento local nas quintas municipais de Subserra e Sobralinho.

Vila Franca de Xira quer afirmar-se como destino turístico para o mundo

Mais Notícias

    A carregar...