uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Produção de cortiça permitiu assegurar as necessidades da indústria
O concelho de Coruche é um dos maiores produtores de cortiça do país

Produção de cortiça permitiu assegurar as necessidades da indústria

Valor em Portugal e Espanha sobe 13% este ano para 93 mil toneladas.

Edição de 01.01.2020 | Economia


A produção de cortiça em Portugal e Espanha subiu 13% este ano, face a 2018, para 93 mil toneladas, um valor que “permitiu assegurar as necessidades da indústria”, segundo os dados da Associação Interprofissional da Fileira da Cortiça (Filcork).
“A campanha de extracção da cortiça em 2019 concretizou as expectativas do sector em termos de quantidades de cortiça produzidas. Estima-se uma produção na ordem das quatro milhões de arrobas em Portugal e 2,2 milhões de arrobas em Espanha, totalizando 6,2 milhões de arrobas, ou seja, cerca de 93 mil toneladas, o que representou um aumento de cerca de 13% da cortiça disponível face ao ano de 2018”, indicou, em comunicado, a Filcork.
A quantidade de cortiça na campanha de 2019 permitiu assegurar as necessidades da indústria, porém, as condições climatéricas “condicionaram a campanha e as quantidades extraídas, transitando esta cortiça para a campanha de extracção de 2020”.
Por sua vez, os preços registaram uma redução na ordem dos 12% face ao ano anterior, “uma inversão face ao aumento de 2018”, embora se registe uma tendência de crescimento sustentado desde 2009. Na campanha em causa, os preços de extracção aumentaram, continuando-se também a verificar-se dificuldade na contratação de recursos humanos.
As exportações portuguesas da cortiça tiveram, entre Janeiro e Setembro, uma redução de 0,1%, em comparação com igual período do ano anterior, para 807,3 milhões de euros. Para 2020 a associação espera um aumento de 30% da cortiça produzida.
A Filcork engloba sete associações, como a dos produtores florestais da Beira Interior (AFLOBEI) ou a dos agricultores da Charneca (ACHAR).

Produção de cortiça permitiu assegurar as necessidades da indústria

Mais Notícias

    A carregar...