uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
18 idosos feridos em incêndio em lar ilegal em Abrantes
Incêndio aconteceu na manhã de segunda-feira, 27 de Janeiro

18 idosos feridos em incêndio em lar ilegal em Abrantes

Segurança Social de Santarém diz que as instalações, em Rossio ao Sul do Tejo, onde ocorreu um incêndio não estão licenciadas. Dona do lar foi hospitalizada após receber notícia do fogo.

Edição de 04.02.2020 | Sociedade


O lar de idosos em Rossio ao Sul do Tejo, em Abrantes, onde na segunda-feira, 27 de Janeiro, ocorreu um incêndio que provocou 18 feridos, seis deles com gravidade, não está licenciado. O Instituto da Segurança Social está a avaliar as condições de funcionamento para o apuramento de responsabilidades.
A Segurança Social afirma que no lar estavam 19 utentes, tendo três sido encaminhados para vagas em equipamentos sociais com acordo de cooperação. Nove utentes foram acolhidos pelas respectivas famílias e sete foram hospitalizados na sequência do incêndio.
Entre os idosos hospitalizados três ficaram feridos com mais gravidade e foram transferidos para as unidades de queimados dos hospitais de São Francisco Xavier (Lisboa), São José (Lisboa) e São João (Porto), sendo estas as “situações que inspiram mais cuidados”, segundo a directora do serviço de urgência do Hospital de Abrantes, Ana Rita Cardoso.
Os restantes quatro idosos hospitalizados, todos com idades entre os 75 e os 89 anos, foram estabilizados e estiveram em observação e vigilância no serviço de urgência da unidade hospitalar de Abrantes. “Dos sete feridos que deram entrada no Hospital de Abrantes, seis são considerados graves, sendo três deles por queimaduras e outros três por inalação de monóxido de carbono”, disse a responsável.
O alerta para o incêndio, cujas causas estão a ser investigadas, foi dado às 10h27, tendo o fogo sido extinto pelas 10h55. Na altura estavam no local 18 idosos e três funcionários. Nas operações de socorro participaram 33 operacionais e 13 viaturas dos bombeiros, uma ambulância de suporte imediato de vida, de Torres Novas, uma viatura médica de emergência e reanimação do Hospital de Abrantes, um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica e autoridades policiais.

Dona do lar ia a caminho do hospital quando soube do fogo
A dona do lar, situado na Rua Frei José Neto, em frente ao kartódromo de Rossio ao Sul do Tejo, seguia a caminho de uma consulta médica quando foi informada do incêndio pelas funcionárias. Sentiu-se mal ao receber a notícia tendo sido hospitalizada. Populares concentrados junto ao edifício do lar apontam como causa do incêndio uma toalha que terá sido puxada por uma idosa para cima de um aquecedor.

18 idosos feridos em incêndio em lar ilegal em Abrantes

Mais Notícias

    A carregar...