uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

ACIS incentiva a implementação das medidas de higienização e protecção por parte dos empresários da região

Edição de 01.06.2020 | Economia
foto DR João Paulo Range no Restaurante A CANOA

Nesta altura em que a confiança das pessoas é necessária para a abertura dos estabelecimentos comerciais que mensagem a ACIS quer passar?

A economia local depende da confiança dos consumidores, nos agentes económicos e na qualidade e segurança dos seus produtos e serviços. Os Manuais de Boas Práticas do Comércio e Serviços e da Restauração e Bebidas, elaborados pelas Direcção-Geral de Saúde em conjunto com a CCP e AHRESP estão fortemente a ser implementados pelos estabelecimentos comerciais de porta aberta e pelos serviços. Desta forma os consumidores têm toda a garantia de que os estabelecimentos comerciais estão higienizados e com todas as condições de segurança, tanto para os clientes como para os seus colaboradores. A confiança no Comércio Local é imprescindível para a retoma das nossas vidas.

Que apoios para abertura dos estabelecimentos a ACIS acha mais relevantes?

O apoio mais relevante para a reabertura das empresas é, sem dúvida, o PROGRAMA ADAPTAR, que constitui uma boa ferramenta de auxílio a fundo perdido à tesouraria das empresas. No entanto, devemos advertir os empresários de que esta linha de apoio tem valores monetários baixos que se esgotarão a curto prazo. Pelo que é prudente e desejável que as empresas submetam as suas candidaturas ao programa o mais rápido possível. Como, aliás, aconselha a nossa Confederação-CCP.

Neste período quais os serviços de apoio da ACIS para ajudar os seus associados e as empresas em geral?

A ACIS, através dos seus colaboradores e da sua equipa técnica, tem vindo a desenvolver um trabalho de informação e apoio jurídico a todos os nossos associados, sobre a legislação, que tem sido muita, relacionada com a pandemia Covid-19.

Temos atualmente disponibilizado o apoio gratuito à submissão das candidaturas do PROGRAMA ADAPTAR e ao Pedido do Selo de Garantia do Turismo de Portugal designado por “Clean & Safe”.

foto DR Fernando Carneiro - Restaurante O Forno

Fernando Carneiro - Restaurante O Forno
Rua Dr. Miguel Bombarda nº 143 - VFX

Adoptaram todas as medidas exigidas pela DGS. Estão a fazer serviços, sala e o de take-away. O horário é das 12h00 às 14h30 e das 19h00 às 22h00. “No Restaurante o Forno não sentimos receios. Os nossos clientes sabem que queremos fazer melhor”.

foto DR João Ferreira - Flor da Lezíria

João Ferreira - Flor da Lezíria

Rua Almirante Cândido dos Reis, 62 - VFX


Dispõem de higienizadores na entrada, no balcão e em todas as mesas. Os clientes entram todos de máscara e só é retirada quando estão a consumir. Todos os funcionários também estão de máscara. A ementa está numa vitrine. Lavam e higienizam as mãos regularmente e sempre que limpam uma mesa ou atendem um cliente. Preferem os pagamentos por multibanco, seja qual for o valor. Passaram a ter metade das mesas. Abrem às sete da manhã e encerram às 20h00. “Os clientes podem voltar. A casa encontra-se devidamente higienizada, adoptamos as medidas da DGS.”

foto DR Fátima Pinhal - Livraria e Papelaria Ricardo

Fátima Pinhal - Livraria e Papelaria Ricardo
Av. 25 Abril, 22A - VFX
É proibida a entrada sem uso de máscara. O distanciamento entre os clientes é feito recorrendo a fitas de sinalização. Disponibilizam álcool gel para uso dos clientes à entrada e à saída. Desinfectam o terminal de multibanco antes e depois de cada utilização e facilitam o pagamento de qualquer quantia. Passaram a comercializar também máscaras e álcool gel. Mantiveram o horário e apenas podem permanecer até cinco clientes na loja. “Não é agora que vamos desistir. Com trabalho, disciplina e união vamos conseguir uma vez mais atravessar esta crise e colocar portugal no lugar onde merece estar”.

Mais Notícias

    A carregar...