Sociedade | 04-05-2023 16:12

Cabeça encontrada em Azambuja pode ser de ucraniano desaparecido em Março

Cabeça encontrada em Azambuja pode ser de ucraniano desaparecido em Março

Autoridades suspeitam que a cabeça encontrada possa pertencer ao ucraniano, residente em Aveiras de Cima, desaparecido há dois meses.

A cabeça humana encontrada ao final da manhã desta quinta-feira, 4 de Maio, numa zona de mato, próxima da Rua da Texuga, em Azambuja, pode ser de Mykhailo Krainykovskyi, um cidadão de nacionalidade ucraniana, que foi dado como desaparecido em Março deste ano. A GNR e a Polícia Judiciária estão no local a realizar diligências e investigam a possibilidade de haver ligação aos restos mortais encontrados há dois dias no Cadaval.

Mykhailo Krainykovskyi, de 36 anos, foi dado como desaparecido pelas 15h00 de domingo, 5 de Março, depois de ter sido visto, pela última vez, na zona da Texuga.

Ao que O MIRANTE apurou o cidadão natural da Ucrânia residia com os pais na freguesia de Aveiras de Cima e trabalhava numa empresa local de construção civil. Dias antes do seu desaparecimento tinha sofrido um acidente rodoviário na freguesia vizinha, de Aveiras de Baixo, tendo sido detido por excesso de álcool. Mykhailo Krainykovskyi ia ser presente a tribunal, o que nunca chegou a acontecer.

Fonte policial adiantou, na quarta-feira, depois de terem sido encontrados dois sacos com restos mortais no Cadaval, que "não há dúvidas de que houve crime", sustentando que o cadáver encontrado dentro do saco de plástico não estava completo, faltando partes como “a cabeça, pelo que houve a tentativa de ocultar a identidade da vítima".

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1613
    24-05-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1613
    24-05-2023
    Capa Médio Tejo