uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Detidos em briga na feira da Agricultura julgados para a semana

Polícia foi chamada a intervir, tendo feito duas detenções. Um agente foi agredido e teve de receber assistência hospitalar.

Edição de 14.06.2017 | Sociedade

Os dois detidos na sessão de pancadaria que houve na Feira Nacional de Agricultura, em Santarém, na madrugada de domingo, 11 de Junho vão ser julgados no tribunal da cidade no dia 22 deste mês. O homem, acusado de agredir um polícia, e uma mulher, acusada de injúrias e ameaças aos agentes da autoridade, estavam para ser julgados em processo sumário no dia seguinte aos acontecimentos, na segunda-feira,12 de Junho, mas pediram prazo para prepararem a defesa, tendo o Ministério Público dado prazo para o efeito e marcado o julgamento.
A pancadaria ocorreu logo na primeira noite da feira, com vários grupos a envolverem-se em agressões. Os intervenientes estavam na zona de diversão nocturna do recinto da feira, que tem animação pela madrugada fora. A situação obrigou à intervenção da polícia, que tem destacados no local vários agentes, tendo a situação sido resolvida por agentes da Unidade Especial de Polícia, que são destacados de Lisboa para Santarém para fazerem a segurança no recinto, atendendo à afluência de milhares de pessoas durante o certame.
O homem, de 38 anos, foi detido após ter agredido um agente de autoridade que teve que receber tratamento hospitalar. A situação ocorreu cerca das seis da manhã de domingo. O indivíduo foi detido por não acatar a ordem dos agentes de autoridade e ainda partiu para a agressão. A mulher no meio da confusão, lançou várias palavras injuriosas aos agentes. Os dois detidos vivem em Santarém. O agressor também sofreu ferimentos, recusou-se a ter tratamento hospitalar.
As cenas de pancadaria na Feira Nacional de Agricultura são relativamente frequentes. Na edição de 2015, um jovem de 28 anos sofreu ferimentos graves e irreversíveis numa vista após ter sido agredido na madrugada de um domingo. A vítima, residente em Santarém, teve de ser encaminhada para o Hospital de São José, em Lisboa, onde foi submetido a duas cirurgias de urgência. Sofreu ainda fracturas ósseas no rosto, após ter sido atingido a soco com uma pedra. O agressor também era da zona de Santarém.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido