uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Fechada passagem superior em Vila Franca de Xira por razões de segurança

Tempestade Ana causou prejuízos em vários locais da cidade

Edição de 28.12.2017 | Sociedade

A protecção civil municipal ordenou o encerramento temporário da passagem superior pedonal que liga a cidade de Vila Franca de Xira à Fábrica das Palavras, por causa da tempestade Ana ter arrancado duas placas da cobertura. Entende a protecção civil que não estão reunidas as condições de segurança para que os peões possam usar a estrutura e por isso esta vai continuar encerrada por tempo indeterminado. A câmara municipal garante que está a desenvolver todos os esforços para que esta reabra com a maior celeridade possível.
Os serviços estão a ultimar a preparação do orçamento para a reparação, mas a câmara admite que a reparação vai representar “uma despesa avultada” para os cofres municipais. Este não foi o único local de Vila Franca de Xira a sofrer danos com a passagem daquela tempestade pelo território nacional. Além de telhas arrancadas em vários telhados de casas particulares e algumas quedas de árvores, também a cobertura das piscinas municipais sofreu danos que precisaram de ser reparados. As aulas de natação estiveram interrompidas durante uma semana para que os trabalhos se realizassem mas já foram retomadas.
Os problemas existentes na cobertura das piscinas foram um dos problemas destacados na última reunião pública de câmara. “Há fugas na cobertura, com um conjunto considerável de espaços onde a água cai, especialmente na bancada. Há dias um conjunto de seniores que estava junto à portaria teve de sair porque lhes estava a cair água em cima”, lamentou Mário Calado (CDU). O presidente da câmara, Alberto Mesquita (PS), admite que a situação carece de reparação urgente e vai ser acompanhada pelos serviços.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...