uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Célia Nunes dá aulas de Babyoga e Playoga a crianças e garante efeitos muito positivos
Célia Nunes reside no Entroncamento

Célia Nunes dá aulas de Babyoga e Playoga a crianças e garante efeitos muito positivos

No aumento da auto-confiança, da auto-estima e na ajuda a expressar a criatividade.

Edição de 19.04.2018 | Economia

Célia Nunes reside no Entroncamento desde criança, formou-se em Engenharia Agroalimentar e é mãe de dois gémeos com quase quatro anos de idade. Trabalhou durante alguns anos na sua área de formação académica mas optou por mudar o rumo à sua vida profissional e trabalha actualmente com crianças e na área de Yoga.
A sua ligação efectiva ao Yoga remonta a 2003, altura em que teve uma experiência de voluntariado de cerca de meio ano no CERE (Centro de Ensino e Recuperação do Entroncamento). Esse foi o ponto de partida para a sua actual actividade. Começou por tirar o Curso de Animação Sociocultural, no IEFP de Tomar em 2011 e começou a trabalhar por conta própria, prestando serviços de animação para crianças, criando a Animar mais (www.facebook.com/Animar-mais-111787608939870/).
Em 2016 viu um anúncio de uma formação na Escola Babyoga Portugal e inscreveu-se. No ano lectivo 2016/17, principiou as aulas de Babyoga/Playoga nas Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) com crianças até aos 6 anos de idade, em algumas escolas do Concelho de Torres Novas e continua no actual ano lectivo. No espaço “Ilha das Maçãs”, no Entroncamento, na Rua da Maruja nº27 R/C Dto, realiza aulas com bebés desde os 2 meses e com crianças até aos 12 anos.
“O que se pretende na prática do Babyoga/Playoga é essencialmente criar bem-estar e promover estímulos multissensoriais em todas as crianças. No Babyoga os pais descobrem novas formas de estimular o desenvolvimento físico, social e emocional da criança construindo, desde a primeira infância, vínculos afectivos profundos e sólidos. Na prática do Playoga todos os exercícios de respiração, de meditação, de visualização, de vocalização, de posturas de yoga e massagens, ajudam a criança no seu desenvolvimento a tomar consciência do seu potencial interior, da sua consciência corporal e espacial, da sua relação consigo própria e com os outros”, explica Célia Nunes.
A monitora acrescenta que o Playoga também ajuda as crianças a serem auto-confiantes; a terem uma elevada auto-estima; um forte sistema imunitário e a terem consciência da sua importância e impacto no meio que as rodeia, encontrando o seu centro e podendo expressar livremente a sua criatividade.
“Com a prática de Playoga em família, os pais procuram acima de tudo momentos de cumplicidade com os seus filhos, procuram compreendê-los melhor e descobrem que são momentos únicos de partilha, aprendizagem e ligação afectiva”, sublinha.
Ao longo do tempo, Célia Nunes encontrou alguns casos de crianças com deficiências sensoriais, motoras e dificuldades intelectuais e desenvolvimentais e considerou importante ter como ferramenta a formação no Curso de Instrutores de Yoga para Crianças Especiais, leccionado pelo Eterno Sol – Yoga Acessível a Todos. Como complemento, na fase final das suas aulas, utiliza Taças Tibetanas para o relaxamento, formação a concluir na Academia Peter Hess em Lisboa.
Célia Nunes pretende abranger mais crianças na região com a prática de Babyoga/Playoga e Yoga para Crianças com Necessidades Especiais e está disponível para prestar esclarecimentos e informações através do telefone 914 989 362 ou do e-mail celianunes5@gmail.com pode ainda ser contactada através do Facebook em: www.facebook.com/celianunesbabyogaportugal/.

Célia Nunes dá aulas de Babyoga e Playoga a crianças e garante efeitos muito positivos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...