uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
CDU exige pedido de desculpas a presidente de Alverca por causa de discurso polémico

CDU exige pedido de desculpas a presidente de Alverca por causa de discurso polémico

Declarações de Afonso Costa também não caíram bem entre gente do seu próprio partido

Eleitos da CDU na assembleia de freguesia mostraram-se indignados com a “postura” do presidente da junta e disseram que foi revelador do seu “carácter político”. Autarca reage dizendo que mantém tudo o que disse.

Edição de 30.09.2015 | Sociedade
A nova escola do Sobralinho foi inaugurada e há que agradecer aos eleitos da bancada do Partido Socialista na assembleia municipal, que aprovaram o orçamento municipal que permitiu o avanço da obra. Porque pela vontade da CDU, que votou contra esse documento, ela nunca teria avançado.Estas declarações, proferidas pelo socialista Afonso Costa, presidente da União de Freguesias de Alverca e Sobralinho, durante a inauguração daquele equipamento e perante dezenas de populares e autarcas, gerou uma onda de indignação e polémica.A CDU já veio exigir ao autarca que peça desculpa pelas afirmações que considerou serem “lamentáveis”. Até membros do PS que estavam na inauguração não gostaram da tirada do presidente da junta. O assunto gerou um clima de mal-estar que foi logo visível na inauguração da escola. Alberto Mesquita, presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, notou no seu discurso que mais importante do que os partidos e que quem decidiu o quê, são as pessoas e a obra em si, avisando que em tempo de eleições não vale tudo. Nuno Libório, vereador comunista que estava presente na cerimónia, disse a O MIRANTE ter ficado “indignado” com a “falta de verdade” de Afonso Costa. “É falso, o presidente está confuso com o momento eleitoral que atravessamos. O que se impõe num discurso político é a seriedade e a verdade. A CDU sempre defendeu a construção desta escola. É inaceitável que mostre este descontrolo em relação à verdade dos factos”, reagiu.A CDU votou contra o orçamento municipal onde constava a verba necessária para a construção da escola. Mas votou favoravelmente alterações posteriores ao orçamento onde constavam verbas para este e outros equipamentos do concelho. Pelo que, para os comunistas, as declarações de Afonso Costa não correspondem na totalidade à verdade.“Deixamos uma nota de indignação perante a postura do presidente. Mostra o seu carácter político, que é sempre de atacar a CDU. Ficava-lhe bem voltar atrás e reflectir no que disse. E um pedido de desculpas não lhe ficava mal, porque fez uma desonestidade política e agora tenta sacudir a água do capote”, criticou David Costa, eleito da CDU na assembleia de freguesia.Afonso Costa explicou que as suas declarações foram “clarinhas como água” e disse manter tudo o que havia dito. “É a minha interpretação. Sem orçamento não se podia fazer aquela escola, são interpretações políticas”, respondeu. A nova escola do Sobralinho custou um milhão e meio de euros e é constituída por três pisos, contando com 179 alunos distribuídos por oito turmas.
CDU exige pedido de desculpas a presidente de Alverca por causa de discurso polémico

Mais Notícias

    A carregar...