uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Festival do Maranho mostra o que a Sertã tem de melhor

Festival do Maranho mostra o que a Sertã tem de melhor

Programa decorre de 14 a 17 de Julho aliando a gastronomia, mostra de actividades económicas e muita animação. Organização espera receber cerca de 40 mil visitantes num evento que tem vindo a crescer de ano para ano.

Edição de 14.07.2016 | Sociedade

O Festival do Maranho foi uma aposta ganha pelo município da Sertã e já ganhou o seu espaço no calendário de eventos da zona centro do país. “O balanço é muito positivo. Muitos milhares de visitantes passaram pela Sertã nas edições anteriores e ficaram a conhecer este prato e também as potencialidades turísticas do nosso concelho. Este é um evento que, além da divulgação do maranho, pretende mostrar o que de melhor a Sertã tem para oferecer, como o património histórico e natural, percursos pedestres, praias fluviais, festas e romarias e, obviamente, a gastronomia”, diz José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã.
O município, que integra a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, tem apostado fortemente na promoção do festival e a fasquia este ano está elevada, esperando-se cerca de 40 mil visitantes. Número que se pretende ultrapassar em futuras edições. “Acreditamos que só assim este evento pode crescer a atingir uma dimensão nacional. A divulgação programada assenta numa forte campanha de comunicação”, diz o autarca, considerando que “o Festival de Gastronomia do Maranho é um evento com créditos firmados e que continuará a crescer”.
José Nunes sublinha que o maranho é uma das marcas identitárias do concelho da Sertã e é confeccionada nesse concelho há mais de dois séculos. “A Câmara Municipal da Sertã entendeu como prioritária a promoção, divulgação e preservação de um prato tão característico e que importa dar a conhecer ao resto do país”, justifica o autarca.
Segundo dados da Associação de Produtores do Concelho da Sertã (APROSER), há 17 empresas a produzir maranho no concelho, que geram mais de uma centena de postos de trabalho. Só em 2014, foram vendidos mais de 57 mil quilos de maranho, numa média de 157 quilos por dia, revela o autarca para sublinhar a importância desse negócio.
O maranho consiste num pequeno saco feito de um bocado de bucho de cabra, recheado com carne de cabra, presunto e arroz e fortemente condimentado com hortelã, colorau, salsa e outros temperos com tudo regado em vinho branco; depois de cosidos, os saquinhos são cozidos em água.

Prata da casa e Anselmo Ralph garantem animação
O concerto de sábado à noite, no campo de futebol da vila, é o ponto alto do cartaz musical do Festival do Maranho. Pelo palco vão passar a banda de rock da Sertã Popxula (22h30) e o mediático Anselmo Ralph (23h30). Os bilhetes custam 5 euros e podem ser adquiridos na plataforma Ticketline, na Casa da Cultura da Sertã até dia 16 de Julho e na Escola Tecnológica e Profissional da Sertã nos dias 15 e 16 de Julho.
Todos os outros espectáculos musicais decorrem no recinto do festival, na aprazível Alameda da Carvalha, junto à ribeira da Sertã, estando na maioria a cargo de grupos e artistas do concelho.
Na noite de 14 de Julho, pelas, 21h00 há um espectáculo de concertinas e às 23h00 sobem ao palco os Sons do Minho. A noite de sexta-feira, 15, conta com a Big Band da Filarmónica União Sertaginense (21h30), seguindo-se os grupos de rock Nightmare & The Wolfman e Soul Brothers Empire e música de dança com o DJ Hugo Rafael.
No sábado, 16 de Julho, a banda rock Still actua às 21h00 e às 21h30 começa um desfile de moda. Nessa noite tocam também Os Red, a partir das 23h00. No domingo à noite os concertos ficam a cargo de Dante (21h00) e da Orquestra de Sopros da Filarmónica União Sertaginense (22h00).
No certame participam dezenas de expositores, que mostram o que de melhor se produz no concelho, além de restaurantes e tasquinhas, onde os visitantes podem experimentar os tradicionais maranhos e outras iguarias gastronómicas do concelho.

Festival do Maranho mostra o que a Sertã tem de melhor

Mais Notícias

    A carregar...