uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Fogo danifica automóveis e contentores de lixo em Santarém

Fogo danifica automóveis e contentores de lixo em Santarém

Vandalismo voltou a causar prejuízos e Polícia Judiciária está a investigar

Edição de 14.07.2016 | Sociedade

Um automóvel foi destruído pelo fogo e outro sofreu alguns danos em mais uma acção de vandalismo em Santarém que destruiu ainda um ecoponto e um contentor do lixo. O episódio mais recente aconteceu na madrugada de domingo, 10 de Julho, na rua Elias Garcia, nas traseiras dos Correios, no centro histórico da cidade. Ao que O MIRANTE apurou, o caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária por existir suspeita de fogo posto.
Refira-se que no mesmo local, em Maio passado, já tinham sido incendiados um ecoponto e contentores do lixo. Nesse período foram incendiados contentores noutros pontos da cidade, como na zona do Sacapeito, onde o fogo causou também danos graves num automóvel que estava estacionado junto a um ecoponto na Rua Ateneu Comercial de Santarém.
Na altura, o presidente da Câmara de Santarém voltou a denunciar na sua página na rede social Facebook os actos de vandalismo que têm sido praticados com regularidade sobre equipamentos públicos. “Caros Munícipes, semanalmente somos confrontados com vandalismo nos contentores de lixo e ecopontos. Situações como estas são muito dispendiosas para o nosso município e todos nós ‘pagamos’ por isto. É importante denunciar estes actos que provocam danos não só nos contentores como em veículos automóveis, armários de telecomunicações e energia, entre outros. Apelamos ao civismo de toda a população”, lia-se na mensagem deixada por Ricardo Gonçalves.
Há cerca de um ano o autarca já tinha lamentado e repudiado em reunião de câmara a vaga de vandalismo consubstanciada na destruição de ecopontos e contentores de lixo e também na pintura de paredes de edifícios com sprays de tinta. Ricardo Gonçalves disse na altura que esses danos causam mossa às finanças municipais, revelando, como exemplo, que cada contentor do lixo custa cerca de 250 euros.

Fogo danifica automóveis e contentores de lixo em Santarém

Mais Notícias

    A carregar...