uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Será que a Câmara do Entroncamento apoia verdadeiramente o desporto?

Edição de 20.10.2016 | O MIRANTE dos Leitores

Chamo-me António Silva e sou um cidadão cumpridor com todas as minhas obrigações fiscais. Estou ligado a colectividades no Entroncamento desde 1992 e actualmente sou presidente da Mesa de Assembleia Geral do Clube Ornitófilo Ribatejano e treinador de Futsal da equipa feminina do CADE. Quero deixar aqui claro que as opiniões expressas neste meu texto me responsabilizam apenas a mim.
A Câmara Municipal do Entroncamento faz questão de apregoar o seu apoio ao desporto, seja através de inscrições no piso do pavilhão municipal ou em faixas publicitárias colocadas quando recebemos alguma competição envolvendo clubes fora do Entroncamento que têm direito a cobertura televisiva. Mas será que realmente a Câmara Municipal do Entroncamento apoia o desporto?
Hoje, 14 de Outubro, tive conhecimento que a equipa por mim treinada só poderá utilizar o Pavilhão Municipal para os jogos do Campeonato Distrital da A.F. Santarém amanhã dia 15 de Outubro e depois à 10ª jornada a realizar no dia 07 de Janeiro. Quem gosta de desporto e acompanha as competições sabe que um dos factores mais importantes de uma competição é o facto de se jogar em casa, num espaço a que as equipas estão habituadas e onde o nosso público pode assistir e apoiar.
Este problema de disponibilidade do Pavilhão Desportivo Municipal, se assim se pode chamar a esse espaço, deve-se ao facto de constantemente se desenvolverem neste local, actividades que nada têm a ver com desporto. O referido espaço é pau para toda a obra. Ali se desenrolam desde peças de teatro, jantares e até feiras de stocks.
O Pavilhão Desportivo do Entroncamento foi construído com fundos para o desenvolvimento do Desporto que não teriam sido atribuídos se se soubesse que o mesmo seria para outros fins. Apregoa a câmara que enquanto não tiverem o Cine-teatro S. João em condições do pavilhão terá de servir para actividades culturais. Mas quando é que o Cine-teatro estará em condições?
A câmara recuperou o espaço da antiga praça transformando-o em “Centro Cultural”. Depois o mesmo foi concessionado como bar mas sem sucesso. E futuramente a ideia é voltar a levar para ali, não a cultura mas a cultura do “copo”.
Mas os problemas associados ao pavilhão desportivo municipal não se ficam por aqui. É frequente, quando chove, os jogos estarem permanentemente a ser interrompidos para limpar as poças de água que se acumulam e colocam em risco a integridade física dos atletas. A iluminação que já necessita de uma revisão e é outro dos problemas que passa ao lado dos responsáveis pelo espaço. Constantemente existem lâmpadas que se apagam e depois demoram alguns minutos a voltar a acender, dando uma imagem de desleixo. O piso devido às utilizações não desportivas, ou desportivas não adequadas a este tipo de piso, está gasto e as tampas de madeira das furações partidas são coladas com fita cola para não saltarem. Quando está a chover existe um escoamento de água que, sem se perceber o motivo, cai intensamente mesmo por cima da porta de acesso dos atletas e que ninguém se preocupa em resolver.
Assim são aplicadas as verbas para o desporto e cultura no Entroncamento, enquanto os responsáveis pelo município assobiam para o ar fazendo de conta que não é nada com eles.
António Silva
(Cidadão que exige melhor aplicação e mais respeito pelos seus impostos)

Mais Notícias

    A carregar...