uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Teatro Cegada com mais de sete mil e quinhentos espectadores no ano passado
foto DR “Noites no Largo do Pelourinho” são uma iniciativa do Teatro Cegada inserida na programação cultural de VFX

Teatro Cegada com mais de sete mil e quinhentos espectadores no ano passado

Companhia de Alverca estreia “Casal Aberto” a 25 de Janeiro.

Edição de 16.01.2019 | Cultura e Lazer

A Companhia de Teatro Cegada, com sede no Teatro Estúdio Ildefonso Valério, em Alverca já trabalha a programação deste ano, depois de ter fechado 2018 com bons resultados em termos de público e de número de apresentações. Com cerca de 65 por cento da actividade centrada na sua sede (44 sessões públicas), o Cegada levou ainda a efeito a iniciativa “Noites no Largo do Pelourinho” - ciclo inserido na Programação Cultural de Verão da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, que conta com o apoio do Jornal O MIRANTE desde a primeira edição - por onde passaram mais de quatro mil espectadores e apresentou-se nas escolas do concelho e em vários pontos do país, nomeadamente no Montijo e em Coimbra.
“Estes resultados são apenas o reflexo numérico do reconhecimento e do carinho que recebemos diariamente da parte das pessoas e instituições com quem nos relacionamos e que, de ano para ano, são cada vez mais. Lembro que falamos de uma plataforma artística com orçamento apenas para quatro postos de trabalho fixo, recorrendo constantemente a criativos independentes. Se fizermos o cálculo aritmético obtemos, como indicador de valor médio, um número superior a uma centena de participantes por cada uma das sessões públicas realizadas - algo apenas pontualmente identificável no universo do serviço público prestado, pelas estruturas independentes, em todo o território nacional”, afirma Rui Dionísio, director artístico, encenador e programador.
Em Dezembro do ano passado, para além da programação regular do Teatro Estúdio Ildefonso Valério, com o concerto de Natal com a Orquestra de Vialonga, estiveram em curso trabalhos sobre cinco criações próprias - duas reposições de Óscar Wilde para estabelecimentos de ensino, duas estreias resultantes das oficinas de teatro ao serviço da comunidade envolvente e ainda os trabalhos sobre a estreia de Casal Aberto de Dário Fo e Franca Rame, com apresentação agendada para 25 de Janeiro e que contará com a interpretação de Susana Sá e Eurico Lopes.
A companhia Cegada, que fará a apresentação pública de toda a temporada a 26 de Janeiro, é uma estrutura financiada pelo Governo de Portugal - Cultura / Direcção-Geral das Artes e pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira e foi galardoada pela redacção do Jornal O MIRANTE com o prémio Personalidade do Ano - Cultura em 2016.

Teatro Cegada com mais de sete mil e quinhentos espectadores no ano passado

Mais Notícias

    A carregar...