uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Obras de mais de quatro milhões de euros estão a decorrer em Ourém
foto DR Executivo municipal visitou obras que estão a decorrer no concelho

Obras de mais de quatro milhões de euros estão a decorrer em Ourém

Executivo municipal visitou 11 das 13 freguesias do concelho onde existem intervenções a decorrer. As vias que apresentavam mais perigo para o trânsito foram uma prioridade para a Câmara de Ourém.

Edição de 27.03.2019 | Economia

O executivo municipal de Ourém visitou este mês as várias obras que estão a decorrer em 11 das 13 freguesias do concelho e que ascendem, no total, a um investimento de quatro milhões de euros, sendo que algumas das obras são comparticipadas por fundos comunitários. As vias que apresentavam mais perigo para o trânsito foram uma prioridade para o município que interveio na estrada de Fátima, em Fontainhas da Serra, ponte da Lameirinha, em Seiça, e na estrada que liga as localidades de Mata e Amieira, na freguesia de Urqueira.
Em Vilar dos Prazeres, primeiro local da visita, já foram demolidos alguns edifícios degradados e a autarquia vai construir aí um parque de estacionamento. Junto ao Centro Escolar de Santa Teresa, em Ourém, também o parque de estacionamento vai ser alargado com a criação de mais 24 lugares. O presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque (PSD), disse que esta obra, que tem um custo previsto de cerca de 25 mil euros, prevê ainda uma passadeira e um espaço para estacionar motas e bicicletas, usadas sobretudo pelos alunos da Escola Profissional de Ourém.
A StartUp Ourém, que tem inauguração prevista para 20 de Junho, no dia da cidade, vai ser instalada no edifício da Universidade Sénior, onde já decorrem obras de requalificação, cujo investimento é de 329 mil euros.
Na localidade de Fontainhas da Serra, as obras de contenção de terras num troço da estrada principal estão quase concluídas. “Esta intervenção esteve parada durante alguns meses com interdição de passagem em parte da via devido ao perigo iminente de derrocada. O anterior projecto obrigava a um grande impacto em terrenos privados por isso o município optou por reavaliá-lo, fazendo a obra mais próxima da estrada, erguendo um muro de betão. Esta obra custou cerca de 32 mil euros”, explicou o autarca.

Ponte interdita a pesados em Seiça está em obras
A visita prosseguiu pela freguesia de Fátima nomeadamente na Avenida D. José Alves Correia da Silva, onde foram mudadas lajes no passeio e trabalhos de saneamento em Aljustrel. Em Seiça, a ponte da Lameirinha, que estava interdita ao trânsito de pesados, está a ser alvo de requalificação, numa obra de cerca de 85 mil euros.
Em Rio de Couros, o executivo municipal visitou a escola básica que, durante as férias escolares da Páscoa, vai ser alvo de obras na cobertura do edifício, com mudança de telhas e instalação de um rinque e caixa de areia. A obra já está consignada e vai custar à autarquia 56 mil euros.
Na Freixianda está a decorrer a primeira fase de requalificação do mercado, um projecto para o qual a freguesia conseguiu fundos comunitários mas também vai ter participação do município. Na Escola Básica de 2º e 3º ciclos de Freixianda está a decorrer uma intervenção no rinque que se encontrava degradado devido ao crescimento de raízes das árvores em redor. A escola vai ainda ser alvo de arranjos numa ruptura no sistema de água e instalação de aquecimento, prevendo-se também arranjos na cobertura.
Na estrada que liga as localidades de Mata a Amieira, na freguesia de Urqueira, foi colocado um tapete antiderrapante. O município investiu nesse projecto, que contemplou também as estradas na freguesia das Misericórdias, cerca de 111 mil euros, referiu Albuquerque.
No final da visita, o presidente do município explicou que existem várias outras estradas a necessitarem de intervenção. “Com a criação da nova empresa intermunicipal Tejo Ambiente, se houver hipótese de conseguir financiamento para mais saneamento em algumas dessas estradas, estas vão aguardar para que consigamos fazer uma requalificação completa e sustentável”, sublinhou.

Obras de mais de quatro milhões de euros estão a decorrer em Ourém

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido