uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Ideia de mais passeios e menos carros no centro de Alverca divide opiniões
Carlos Gonçalves deu a conhecer esta semana a sua ideia para melhorar a vida e o comércio na avenida Capitão Meleças

Ideia de mais passeios e menos carros no centro de Alverca divide opiniões

Projecto está ainda numa fase embrionária mas já está a dar que falar. Junta de freguesia da cidade propõe alterações substanciais na Avenida Capitão Meleças, a mais comercial de Alverca, que passa por alargar passeios e reduzir lugares de estacionamento. Mas a ideia não é consensual.

Edição de 17.07.2019 | Sociedade

Reperfilar a Avenida Capitão Meleças, a principal rua comercial da cidade de Alverca, reduzindo os lugares de estacionamento e aumentando os passeios, é uma ideia que não está a gerar consensos junto da população da cidade. A ideia foi avançada na última semana pelo presidente da junta de freguesia, Carlos Gonçalves (CDU), que espera lançar as sementes para um diálogo sobre como tornar mais atractiva aquela que é a principal rua com lojas da localidade.
A ideia ainda está numa fase embrionária mas já foi discutida com a câmara municipal, que se mostrou receptiva a realizar alterações na zona. Na verdade, a obra teria sempre de avançar pela mão da câmara, dado o seu elevado peso financeiro. A O MIRANTE, Carlos Gonçalves explica que a ideia é sobretudo tornar mais atractiva a rua, através da criação de maiores zonas pedonais que permitam, por exemplo, a instalação de esplanadas e a colocação de expositores dos comerciantes no exterior das lojas. Uma rua com passeios de maiores dimensões permite também, por exemplo, a realização de mais animação de rua.
“A ideia é tornar a rua mais aprazível e dar-lhe mais vida, trazer as pessoas para a rua, para a conhecerem e dinamizar o comércio. Sei que isto não é consensual mas nas maiores zonas comerciais das cidades não há trânsito”, explica o autarca. A falta de estacionamento é complementada, explica, por dois grandes parques de estacionamento públicos e gratuitos: um a cem metros no centro de estágios do Futebol Clube de Alverca e, mais a norte, no campo da feira.
Actualmente há estacionamento dos dois lados da rua. Reperfilando a via seria possível aumentar passeios e manter uma linha de estacionamento ao longo de toda a artéria. “Não é por tirar os carros que se acaba com o comércio. Acredito que esta alteração seria positiva para a cidade e vamos ver como a ideia evolui”, refere.
Na Capitão Meleças a ideia já começou a dar que falar e a dividir opiniões. Há quem, como Alfredo Sousa, defenda mais passeios e menos carros. “Por mim fechava-se a rua toda ao trânsito porque na maioria dos dias é usada por gente que foge do trânsito da estrada nacional. Se toda a rua fosse pedonal toda a gente ganhava mais qualidade de vida e o comércio ganhava com quem viesse aqui passear”, defende.
Mas quem tem negócios olha com desconfiança para a ideia, como Fernanda Bento, que diz que acabar com o estacionamento “vai dar um grande golpe” no negócio porque, diz, “muita gente pára o carro, compra e vai embora”.

Ideia de mais passeios e menos carros no centro de Alverca divide opiniões

Mais Notícias

    A carregar...