uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Vila Franca Centro vai ser emparedado para acabar com vandalismo
Entradas do Vila Franca Centro vão ser emparedadas para evitar que a população entre no edifício

Vila Franca Centro vai ser emparedado para acabar com vandalismo

Espaço continua a degradar-se na zona nobre de Vila Franca de Xira. Proprietários terão de ressarcir os cofres municipais do custo da intervenção. Negócio da compra do estacionamento subterrâneo deve ficar fechado até ao final do ano.

Edição de 15.10.2019 | Sociedade

A Câmara de Vila Franca de Xira quer emparedar o devoluto centro comercial Vila Franca Centro (VFC) para travar o vandalismo e a insalubridade que grassa no local. O executivo municipal quer evitar intrusões no edifício, que está devoluto e representa riscos para a saúde pública no seu interior. Depois da obra feita, os proprietários do espaço terão de ressarcir a câmara municipal dos custos envolvidos na operação.
A proposta de compra do estacionamento subterrâneo do edifício por parte do município ao Novo Banco foi discutida e votada na reunião de câmara de 9 de Outubro, já depois da data de fecho desta edição de O MIRANTE. Está prometida uma grande acção de limpeza e emparedamento do espaço até ao final do ano, anunciou o presidente do município, Alberto Mesquita (PS), na última reunião do executivo camarário.
“Se conseguirmos adquirir o estacionamento ainda este ano vamos fazer uma grande limpeza e colocar o estacionamento pago ao serviço da população. E terá de ser pago, em preços idênticos à Rua Alves Redol, para garantir a rotatividade dos lugares”, anunciou.
O autarca admitiu que a ideia que existia aquando do planeamento e construção do VFC, de que seria o motor económico da cidade, acabou por ser errada. “Algumas das questões que estavam subjacentes à criação do VFC não tiveram sucesso, a começar pelo sistema de cinema IMAX. Foi um modelo que já estava a nível mundial quase a terminar, tinha poucos filmes e não havia renovação. Pouco depois saiu de lá um supermercado que atraía pessoas ao centro”, explicou.
“Chegámos a este momento e não sabemos bem o que fazer àquilo apesar das insistências que temos feito com os proprietários do fundo imobiliário que detém o edifício”, admite o autarca. A falta de limpeza e conservação do espaço tem sido a maior dor de cabeça para o poder local e para os moradores e comerciantes da zona.

Vila Franca Centro vai ser emparedado para acabar com vandalismo

Mais Notícias

    A carregar...