uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Jogador veterano de hóquei morre durante jogo em Coruche
foto DR Luís Madeira fazia parte da equipa de veteranos de Os Corujas

Jogador veterano de hóquei morre durante jogo em Coruche

Luís Madeira, de Santarém, onde trabalhava como vendedor de automóveis, sofreu um ataque cardíaco quando jogava por “Os Corujas” de Coruche, mas desde muito novo que começou a jogar nos Caixeiros de Santarém.

Edição de 06.11.2019 | Sociedade

O hoquista de Santarém, Luís Madeira, tinha acabado de entrar no jogo quando de repente caiu inanimado no chão no Pavilhão Desportivo Municipal de Coruche, acabando por morrer apesar das manobras de reanimação. Luís sofria de asma, o que não o impedia da prática desportiva, e não aparentava problemas de saúde, segundo os seus conhecidos. O jogador da equipa de veteranos o Ginásio Clube de Coruche “Os Corujas” faleceu de ataque cardíaco pelas 15h32 de sábado, 26 de Outubro.
Luís Madeira, que era vendedor de automóveis na empresa Marques Lda foi de imediato assistido por um enfermeiro que estava no local que fez as primeiras manobras de reanimação. Mas não se conseguiu reverter a situação. Segundo o comandante dos Bombeiros Municipais de Coruche, Luís Fonseca, ainda foram realizadas quatro tentativas de reanimação com o desfibrilador, mas sem sucesso. O óbito foi declarado pela equipa médica da Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Hospital Distrital de Santarém.
Luís Madeira era vendedor de automóveis há três décadas. Começou na marca Citröen, depois esteve na Ford e há dezassete anos estava na empresa Marques Lda., em Santarém. Quem trabalhava com ele refere que era bastante sociável, responsável e um bom vendedor.
O falecido praticava hóquei desde muito novo, tendo começado no Grupo de Futebol dos Empregados no Comércio (GFEC) - “Caixeiros” de Santarém, onde passou pelas equipas dos vários escalões. Este ano, como o clube deixou de ter equipa de veteranos de hóquei em patins, começou a jogar por “Os Corujas” de Coruche.
A O MIRANTE, o director executivo dos “Caixeiros” de Santarém, Luís Peralta, confirma que Luís apenas sofria de um pouco de asma, mas sempre foi uma pessoa muito activa e ligada ao desporto. “Ainda no ano passado o Luís treinava com os seniores dos Caixeiros três vezes por semana e acompanhava sempre a equipa em jogos oficiais”, refere ao jornal.
Conhecido pelos amigos como uma pessoa muito humilde e amiga do seu amigo, o vendedor de automóveis, além do hóquei, tinha por hábito juntar-se com amigos para fazer passeios de bicicleta e participar em provas de enduro, modalidade de motociclismo realizado em pistas de todo-o-terreno. Luís Madeira deixa mulher e dois filhos maiores.

Jogador veterano de hóquei morre durante jogo em Coruche

Mais Notícias

    A carregar...