uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Onda de solidariedade ajuda a melhorar a vida de jovem com paralisia cerebral
Vítor Casola sofre de paralisia cerebral e escoliose

Onda de solidariedade ajuda a melhorar a vida de jovem com paralisia cerebral

Campanha vai permitir que Vítor Casola, de Abrantes, tenha uma cadeira de rodas nova, entre outros equipamentos necessários.

Edição de 19.02.2020 | Sociedade

Vítor Casola, o jovem de Arreciadas, concelho de Abrantes, que sofre de paralisia cerebral e escoliose, já conseguiu adquirir a cadeira de rodas de que precisava urgentemente, graças à onda de solidariedade que se gerou em torno dessa causa. Agora aguarda ansioso pela chegada do equipamento nas próximas semanas, tal como de uma cadeira de banho e de uma grua de elevação que também faziam parte das suas necessidades.
A mãe, Ilda Jesus, diz a O MIRANTE que, no total, entre receitas conseguidas nos vários eventos solidários e depósitos feitos na conta de Vítor, a família angariou mais de nove mil euros. “Arranjámos os 5.764 euros de que necessitávamos para a cadeira e os outros equipamentos. O resto vamos usar para retirar a banheira e colocar um ‘polibã’ e colocar uma nova porta, desta vez de correr, para dar melhores condições ao Vítor”, explica Ilda Jesus.
A trabalhadora na área das limpezas, que além de Vítor tem um filho de 17 anos a cargo, diz não ter palavras para agradecer a todos os que ajudaram e refere que, entretanto, já anulou o pedido de pagamento da cadeira de rodas à Segurança Social. “Estou muito satisfeita, tal como o Vítor. Foi um peso que me tiraram dos ombros”, garantiu ao jornal, lembrando que, se o filho não mudasse rapidamente de cadeira de rodas, a deformação nas costas ia ficar muito pior.

Nova cadeira por indicação médica
Recorde-se que Vítor Casola, actualmente a frequentar o Centro de Recuperação e Integração de Abrantes (CRIA), nasceu prematuramente e foi-lhe diagnosticada paralisia cerebral ainda com poucos meses de vida. Com a idade, e por estar sempre sentado na mesma posição, na cadeira de rodas, acabou por lhe ser também diagnosticada escoliose.
Em Agosto de 2015, após aconselhamento médico, foi sujeito a uma cirurgia para correcção da coluna vertebral e necessitou de uma nova cadeira de rodas que lhe foi oferecida por uma associação de emigrantes na Suíça. Agora, após nova consulta em Maio de 2019, foi aconselhado a adquirir nova cadeira de rodas pois a actual está desadequada ao seu tamanho e peso.
A mãe do jovem decidiu então pedir à Segurança Social para custear na totalidade a cadeira de rodas. Entretanto, dias depois, decidiu publicar um desabafo nas redes sociais a manifestar a sua preocupação com o agravamento da saúde do filho enquanto aguardava pela nova cadeira de rodas. Foi a partir daí que foi criada, por amigos e familiares, a página no Facebook ‘Vamos ajudar o Vitinho’ onde, além de eventos em que a receita reverte para o jovem, encontram-se os dados da conta solidária do Vítor.

Onda de solidariedade ajuda a melhorar a vida de jovem com paralisia cerebral

Mais Notícias

    A carregar...