uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Cafetaria do jardim de Vila Franca de Xira vai continuar fechada e à espera de concurso
Cafetaria do Jardim Constantino Palha passou vários meses fechada ao público e agora vai ser alvo de um concurso público

Cafetaria do jardim de Vila Franca de Xira vai continuar fechada e à espera de concurso

Ao fim de sete anos contrato de exploração caducou e município não o renovou.

Edição de 09.01.2019 | Sociedade

O contrato de exploração da cafetaria municipal no jardim Constantino Palha em Vila Franca de Xira, que passou a maior parte do último ano encerrada ao público, caducou e o município decidiu não o renovar. A câmara vai agora partir para um novo concurso público que encontre empresários disponíveis para explorar o espaço.
Este era um desfecho há muito anunciado, depois de meses a ouvirem-se críticas de moradores e autarcas locais que lamentavam o facto da cafetaria do jardim – situada num local privilegiado à beira rio, junto à marina da cidade - passar a maior parte do tempo encerrada ao público.
O empresário justificava o fecho com a falta de clientes, pedia à câmara obras de beneficiação do espaço e lamentava a baixa facturação que, alegadamente, rondaria os 30 euros em alguns dias. A câmara discordava e por isso deliberou agora, por unanimidade, colocar um ponto final na relação e avançar para novo concurso público.
“O contrato caducou e a câmara denunciou-o. A empresa quando concorreu sabia as condições. Depois desta experiência talvez possamos repensar esta situação”, explicou Helena de Jesus, vereadora com o pelouro das actividades económicas, na última reunião do executivo. A eleita acrescenta que o empresário que agora perdeu a exploração da cafetaria apresentava rendas em atraso de valor elevado.
O espaço esteve concessionado por uma renda a rondar os 450 euros mensais. O contrato de arrendamento previa que este tivesse obrigatoriamente dois horários distintos de funcionamento de Verão e Inverno.

“O jardim merece outra dinâmica”
“O jardim merece outra dinâmica e achámos que estava na altura exacta para meter um ponto final nesta situação que não andava nem para a frente nem para trás. Às vezes temos cafetarias muito bem localizadas como a do jardim e não são aproveitadas. Está na altura de meter um ponto final nesta situação que não servia ninguém nem a ele próprio. Vamos tentar que novas pessoas possam reanimar o jardim de outra maneira”, acrescentou Helena de Jesus.
Também o presidente do município, Alberto Mesquita, diz que foi tentado que o empresário tivesse “uma atitude mais presente na cafetaria” mas que tal não foi possível ao longo dos vários meses. “As provas dadas não foram boas. Temos de encontrar outra solução e alguém que esteja disponível para ter outra atitude que não tem havido ao longo deste tempo”, critica.

Queixas na Póvoa e elogios no museu

As duas outras cafetarias municipais que estão a ser exploradas por privados no concelho são as do Museu do Neo-Realismo (MNR) em Vila Franca de Xira e a cafetaria do palácio da Quinta da Piedade, na Póvoa de Santa Iria. Nesta última o empresário que a explora é o mesmo que agora perdeu a gestão da cafetaria do jardim Constantino Palha. “Temos ali 500 alunos na universidade sénior e quando querem comer alguma coisa não têm. Se não há produtos não podem facturar. Isso é óbvio”, lamenta Helena de Jesus.
Também Alberto Mesquita considera que na Póvoa existem coisas a melhorar. “Não é por factores que digam respeito à câmara que a cafetaria da Quinta funciona mal. Umas vezes está fechada, outras vezes os produtos servidos são assim-assim. Na quinta estão lá todas as condições e a actividade é extremamente irregular”, lamentou na mesma reunião.
No caso da cafetaria do MNR o município elogia, notando o facto de estar a ser gerida actualmente por duas pessoas “dinâmicas, disponíveis e jovens” que dão, na óptica do executivo, um serviço de qualidade depois de vários meses passados em que aquele equipamento esteve fechado ao público por falta de interessados na sua gestão.

Cafetaria do jardim de Vila Franca de Xira vai continuar fechada e à espera de concurso

Mais Notícias

    A carregar...