Sociedade | 05-05-2023 15:22

Família de cidadão ucraniano chamada a reconhecer cadáver encontrado em Azambuja

Família de cidadão ucraniano chamada a reconhecer cadáver encontrado em Azambuja

Só depois de cumpridas todas as formalidades legais do reconhecimento é que o corpo será libertado. Relógio e fio correspondiam aos que Mykhailo Krainykovskyi usava regularmente.

A família de Mykhailo Krainykovskyi, o cidadão natural da Ucrânia que foi dado como desaparecido em Março, foi esta sexta-feira, 5 de Maio, chamada ao Hospital de Vila Franca de Xira, para fazer o reconhecimento do corpo encontrado ontem na zona da Texuga, em Azambuja.

Ao que O MIRANTE apurou, o cadáver será efectivamente do homem de 36 anos, que trabalhava e residia com os pais na freguesia de Aveiras de Cima, não só pelo relógio mas também pelo fio que tinha ao pescoço e que corresponde ao que Mykhailo usava regularmente.

Só depois de cumpridas todas as formalidades legais do reconhecimento é que o corpo será libertado para que, no caso de se confirmar ser Mykhailo, a família possa dar início às cerimónias fúnebres.

Mykhailo Krainykovskyi estava desaparecido desde 5 de Março, tendo sido visto pela última vez na zona da Texuga. Durante quatro dias foram realizadas buscas pelas autoridades com apoio de equipa cinotécnica e população local, que se revelaram infrutíferas.

Na manhã de quinta-feira, 4 de Maio, por mero acaso, um popular encontrou uma cabeça numa zona de mato, próxima da Rua da Texuga, e alertou as autoridades. Durante a tarde foi encontrado o resto do corpo, já em avançado estado de decomposição. A Polícia Judiciária descartou a hipótese de crime.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo