Sociedade | 22-06-2023 11:09

Promotores do aeroporto em Santarém estranham declarações de Galamba

Promotores do aeroporto em Santarém estranham declarações de Galamba

O consórcio privado que está por trás do projecto Magellan 500 rebate as apreciações do ministro das Infraestruturas, quando diz que a opção Santarém “é longe”.

Os promotores do projecto Magellan 500, que pretende construir um aeroporto internacional no concelho de Santarém, reagiram às declarações do ministro das Infraestruturas, João Galamba, que considerou “longe” a opção Santarém para o novo aeroporto, durante a CNN Portugal Summit, realizada a 20 de Junho. “Estranhamos as declarações do Sr Ministro questionando não só a pura distância ao projectado aeroporto de Santarém, como também a viabilidade do projeto e a idoneidade dos seus promotores. Para mais, quando está em curso uma Análise Estratégica por Resolução de Conselho de Ministros, que nomeou uma Comissão Técnica Independente, com a qual temos vindo a trabalhar em total espírito de transparência e cooperação”, reagiu o consórcio privado de que Carlos Brazão tem sido o rosto.

E acrescenta, em defesa do seu projecto: “Ainda relativamente à distância, consideramos que a distância em termos de tempo composto é de acesso ferroviário de cerca de 30 minutos a Lisboa com base nas infraestruturas existentes, depois das melhorias em curso. E a outra distância concorrente é de 29 minutos. Nestes parâmetros a nossa distância é apenas de 1 minuto de diferença. Mas há uma diferença abissal, o projeto Santarém tem as infraestruturas rodo-ferroviárias realizadas para todo o País: para norte, para Lisboa e para o Sul. E o tempo de operacionalizacao de Santarém são 6 anos. Santarém não implica investimentos de dinheiros públicos e custos para os contribuintes”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo