uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Escola Básica de Santa Eulália vai fechar
Escola Básica de Santa Eulália fica sem pré-escolar este ano e pode fechar na totalidade no ano seguinte

Escola Básica de Santa Eulália vai fechar

Fecho do estabelecimento de ensino é contestado pelos pais. Câmara vai tentar manter aberto o primeiro ciclo no próximo ano lectivo mas seis crianças do pré-escolar já terão aulas noutra escola de Vialonga.

Edição de 14.08.2019 | Sociedade

A Escola Básica de Santa Eulália, em Vialonga, tem os dias contados e se não encerrar portas já no próximo ano lectivo é mais que certo que em 2021 deixará de funcionar. O estabelecimento de ensino não tem alunos suficientes para se manter aberto, mas os pais contestam a medida. Segundo o presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, a escola teve seis crianças matriculadas para o pré-escolar, sete para o primeiro ciclo e seis para o terceiro ciclo.
A câmara, em conversações com o agrupamento de escolas de Vialonga e a Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE) vai tentar manter a escola aberta no próximo ano lectivo, mantendo o primeiro ciclo mas já sem o pré-escolar, com as seis crianças matriculadas a serem transferidas para outra escola da freguesia. O município assegura o transporte.
Os pais não concordam com a medida, dizem ter sido avisados em cima da hora pelo agrupamento de escolas e queixam-se de se estar a deixar o lugar de Santa Eulália cada vez mais despovoado. Vera Gomes, encarregada de educação, explicou na última assembleia municipal, realizada em Vialonga, que a aldeia é pequena e sem a escola a funcionar ainda mais pequena ficará. “Sabemos que há escolas no agrupamento de Vialonga com menos alunos e que vão continuar abertas”, desabafa.
Alberto Mesquita lamenta a situação, notando que na nova escola básica nº2, no parque residencial da Icesa, há espaço e boas condições para receber todos os alunos de Santa Eulália. “Em Santa Eulália temos conseguido encontrar soluções devido à imigração, porque há muitos meninos de famílias brasileiras que têm vindo para o nosso concelho e ficam naquela escola. Há por vezes situações que são menos simpáticas, mas vão ao encontro da qualificação que se pretende dar às nossas crianças”, refere o autarca.
Nos últimos anos várias escolas do primeiro ciclo têm fechado em Vila Franca de Xira por falta de alunos, como foi o caso da escola do Casal da Coxa e escola das Quintas, na Castanheira. Na última reunião pública de câmara foi aprovada uma proposta, apresentada pelos vereadores da CDU, defendendo a manutenção em funcionamento da escola de Santa Eulália, aprovada por maioria com as abstenções do PS e da Coligação Mais, liderada pelo PSD.

Escola Básica de Santa Eulália vai fechar

Mais Notícias

    A carregar...