uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
CAP afasta CONFAGRI da direcção do CNEMA depois de ser denúnciada por más práticas
Eduardo Oliveira e Sousa e Luís Mira, presidente e secretário geral da CAP, entidade que foi denunciada pela CONFAGRI junto do anterior Governo por andar a fazer “aconselhamento agrícola” pelo telefone

CAP afasta CONFAGRI da direcção do CNEMA depois de ser denúnciada por más práticas

A CAP afastou a CONFAGRI da direcção do CNEMA depois de uma briga que envolve o ex-ministro da Agricultura, Capoulas Santos, e o seu chefe de gabinete. A CAP foi denunciada por más práticas de gestão no programa “Aconselhamento Agrícola”.

Edição de 25.12.2019 | Sociedade

A CAP (Confederação dos Agricultores de Portugal) afastou a CONFAGRI (Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal) da nova direcção do Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA) eleita para novo mandato em assembleia geral, realizada em Santarém, no dia 10 de Dezembro.
A decisão de afastar da direcção do CNEMA, um dos seus principais parceiros, e também fundador da instituição, prende-se com divergências recentes relacionadas com uma denúncia que a CONFAGRI terá feito junto do Ministério da Agricultura relacionada com um programa comparticipado de “Aconselhamento Agrícola”, que a CAP estaria a fazer pelo telefone contrariando as boas práticas.
A denúncia produziu vários efeitos e um deles foi o corte de relações entre as duas confederações mais importantes do associativismo agrícola. O antigo ministro da Agricultura, Capoulas Santos, está envolvido na briga, uma vez que o seu chefe de gabinete, depois de receber a denúncia, a primeira coisa que fez foi enviar cópia da mesma para a direcção da CAP.
A direcção da CONFAGRI não quis falar com O MIRANTE sobre os pormenores da denúncia, e se houve denúncia, mas o nosso jornal confirmou a acção da CONFAGRI e conseguiu comentários pouco abonatórios do trabalho do Ministério da Agricultura chefiado por Capoulas Santos.
Antes do corte de relações ainda houve troca de galhardetes entre as duas confederações, com o ministro pelo meio a tentar pôr água na fervura. A CAP terá exigido à CONFAGRI uma retratação que, como era evidente, não fazia qualquer sentido, uma vez que a CAP estava a defraudar aquilo para que tinha sido contratada e paga, disse a O MIRANTE fonte bem informada. Quanto à intervenção do ministro, chegou tarde demais, uma vez que o chefe de gabinete de Capoulas Santos, em vez de actuar sobre as más práticas da CAP, denunciou a CONFAGRI e pôs as duas partes numa briga que estará para durar.
Fonte bem informada da CONFAGRI disse a O MIRANTE, sem querer entrar em mais pormenores, que o programa de “Aconselhamento Agrícola” jamais poderia ser realizado por telefone para ter efeitos práticos. E que a CONFAGRI terá feito o que faria qualquer entidade preocupada e responsável perante tamanho oportunismo.
Com a saída da CONFAGRI da administração do CNEMA a Câmara de Santarém ficou representada pelo presidente, Ricardo Gonçalves, e pelo vereador Nuno Serra. Ramiro Matos, advogado, ex-vereador da Câmara de Santarém, que também já pertenceu à administração do CNEMA noutros tempos, foi eleito presidente da assembleia geral substituindo o representante da CONFAGRI que era habitualmente convidado para o lugar. Ramiro Matos terá sido cooptado à última hora entre todos os membros decisores que fazem parte dos órgãos sociais do CNEMA.
“Estão todos de costas voltadas; O Ministério da Agricultura também foi esvaziado das suas principais responsabilidades, o que levou Capoulas Santos a abandonar o barco. Quem fez o estrago que corra, agora, a apanhar os cacos. Quem sabe o antigo chefe de gabinete do ministro Capoulas Santos ande por aí a fazer aconselhamento agrícola”, ironizou um antigo membro da direcção da CAP, que não se revê nesta direcção nem na forma como a CAP faz a gestão do CNEMA, criticando ainda os autarcas de Santarém que sempre estiveram de cócoras perante os dirigentes da CAP.

CAP afasta CONFAGRI da direcção do CNEMA depois de ser denúnciada por más práticas

Mais Notícias

    A carregar...