uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Câmara de Tomar quer multar quem faz publicidade selvagem
Depois dos eventos publicidade selvagem fica meses à espera de ser retirada em Tomar

Câmara de Tomar quer multar quem faz publicidade selvagem

Executivo critica publicidade selvagem no concelho e lamenta que regras não sejam cumpridas.

Edição de 20.02.2019 | Sociedade

A Câmara de Tomar pondera começar a aplicar a lei e multar quem insiste em colocar cartazes em locais que são considerados proibidos, para acabar com a chamada publicidade selvagem no concelho. O vice-presidente do município, Hugo Cristóvão (PS), refere que é proibido afixar publicidade em tudo o que é mobiliário urbano, nomeadamente caixotes do lixo, paragens de autocarro, postes, sinais de trânsito, rotundas, entre outros. No entanto, há muitas colectividades e associações que não cumprem a lei.
O autarca respondia em reunião de câmara a um munícipe que se queixou do excesso de publicidade espalhada pelo concelho e que não é retirada após a realização dos eventos.
“Existem cerca de 200 associações e colectividades no concelho e depois também há outras associações do concelho que vêm fazer publicidade em Tomar. As pessoas não podem alegar desconhecimento porque já fizemos várias reuniões onde informamos os locais onde se pode e não pode afixar publicidade”, refere Hugo Cristóvão. O vereador explica que até agora nunca autuaram ninguém mas que ponderam fazê-lo se a lei continuar a não ser cumprida.
Hugo Cristóvão disse também que o próprio município tem a intenção de reduzir o número de cartazes de divulgação das suas iniciativas porque, diz, não é a melhor forma de comunicação. “O valor das coimas é alto mas talvez seja a única maneira de ver a lei ser cumprida”, sublinhou.
Questionada pelo munícipe sobre os cartazes dos partidos políticos, a presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas, explicou que os partidos têm uma lei própria e não têm que pedir autorização aos municípios para colocar cartazes.
O vereador da oposição, José Delgado (PSD), sublinhou a importância de sensibilizar as pessoas e tentar melhorar a situação. “Todos falham, partidos, colectividades e câmaras municipais. Faltam locais próprios, pré-definidos para se fazer essa divulgação. A câmara deveria colocar por todo o concelho painéis e espaços próprios para divulgar este tipo de publicidade”, sugeriu.

Câmara de Tomar quer multar quem faz publicidade selvagem

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques