uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
A importância do ensino profissional no desenvolvimento económico regional
foto DR João União Diretor Pedagógico da EPRM - Escola Profissional de Rio Maior

A importância do ensino profissional no desenvolvimento económico regional

João União - Diretor Pedagógico da EPRM - Escola Profissional de Rio Maior

Edição de 10.07.2019 | Especial Ensino

O século XXI coloca desafios capitais aos diversos sistemas educativos e neste momento atravessamos um período em que o conhecimento científico e tecnológico se desenvolve a um ritmo de tal forma intenso que a quantidade de informação disponível cresce exponencialmente de dia para dia.
É com esta realidade e consciência que a Escola Profissional de Rio Maior (EPRM) tem vindo a desenvolver uma formação de elevada qualidade ao longo dos seus 26 anos de existência e é neste momento uma realidade bem enraizada no nosso concelho e na nossa região. Este sucesso é fruto de um trabalho constante e de uma dedicação especializada e profissional de todos os agentes que compõem a nossa comunidade educativa.
Ao longo dos anos muitas mudanças têm ocorrido, tanto na nossa sociedade, como no sistema de ensino, mas a EPRM tem acompanhado essa evolução de uma forma contínua evidenciando a transmissão de competências que visam o aprender a conhecer, o aprender a fazer, o aprender a trabalhar em equipa, sempre com o foco em formar pessoas autónomas, responsáveis e cidadãos socialmente activos.
Numa altura em que constatamos um claro desenvolvimento económico do nosso país, o ensino profissional tem uma responsabilidade acrescida dado que o tecido empresarial deposita em nós a responsabilidade de formar técnicos que estejam preparados para o imprevisto, o novo, a complexidade e, sobretudo, desenvolver em cada formando a vontade, a capacidade e o conhecimento que lhe permitirá continuar a aprender ao longo da sua vida.
Cada vez mais, o Estado Português e as instâncias Europeias focam o sistema educativo a trilhar caminhos do ensino profissional, estruturado em módulos, com ênfase tanto nas competências técnicas, como também nas competências sociais.
Prova real é a discriminação positiva do ensino profissional relativamente ao ensino secundário dos cursos científico-humanísticos com certificação escolar do 12º ano e qualificação profissional de nível III, e os alunos que saem das escolas profissionais, com certificação escolar do 12º ano e qualificação profissional de nível IV, visto bem, um patamar acima…
A distinção positiva não termina aqui, dado que também no ensino superior se constata que os nossos alunos que seguem uma área afim no ensino universitário, têm um rendimento superior nas disciplinas técnicas que frequentam.
Tendo em consideração os principais motores da nossa economia e obviamente as necessidades das nossas entidades parceiras e do tecido empresarial em geral, a oferta formativa da EPRM para o ano 2019/2020 foca-se em três grandes eixos estruturantes da nossa sociedade: a Indústria das Energias e Mecânicas, o Comércio e o Turismo.
Assim, um jovem ao escolher fazer parte da nossa grande família EPRM, tem a garantia de obter uma aprendizagem de elevada qualidade, ter acesso a três estágios curriculares nas melhores empresas do sector, catalisadores de uma excelente integração no mercado de trabalho e originando elevadas taxas de empregabilidade, que superam os 90% a 3 meses após a obtenção do diploma no final de ciclo de formação.
De igual forma, privilegiando a vivência de experiências diversificadas aos nossos alunos com promoção de visitas de estudo e estágios nacionais e internacionais, actividades lúdico-desportivas, participações em diversificados concursos nacionais e desenvolvimento de projectos transdisciplinares, permitem a aquisição de competências relacionadas com o empreendedorismo, literacia empresarial, criatividade e inovação, para além das tão conceituadas soft-skills.
Em síntese, o nosso objectivo é formar cidadãos capazes de integrar e desenvolver uma sociedade dinâmica, inclusiva e sustentável, dotando os nossos alunos das ferramentas necessárias para enfrentarem os desafios pessoais e profissionais do século XXI.

A importância do ensino profissional no desenvolvimento económico regional

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques