uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Escolas perdem vinte e cinco mil alunos mas o sucesso escolar aumenta

Relatório de estatísticas da educação 2017/2018 traça um quadro de melhoria. Perda de alunos é registada há vários anos e é resultado a redução demográfica. Melhoria dos resultados académicos verifica-se em todos os anos, mesmo naqueles em que costuma haver mais chumbos.

Edição de 10.07.2019 | Especial Ensino

As escolas perderam quase 25 mil alunos no ano lectivo de 2017/2018 mas o sucesso escolar aumentou em todos os anos de ensino. Os dados constam do relatório Estatísticas da Educação 2017/18, divulgado a 27 de Junho.
O número de alunos nas escolas portuguesas, desde o pré-escolar até ao secundário, voltou a diminuir no ano passado, mantendo-se uma tendência que se regista há vários anos em resultado da redução demográfica.
Assim, no passado ano lectivo as escolas receberam cerca de 1,6 milhões de alunos, ou seja, menos 25 mil estudantes do que no ano anterior, segundo os dados da Direcção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC), que revelam maior sucesso académico.
Entre 2015 e 2018 as taxas de alunos do ensino básico que passaram de ano subiram de 92,1% para 94,9% e, entre os estudantes do secundário, houve um aumento de 83,4% para 86,1%.
Durante aqueles quatro anos as taxas de conclusão de ciclo também progrediram de forma continuada, de 89,3% para 93,5% no básico e de 70,1% para 75,5% no secundário.
A melhoria dos resultados académicos também se registou nos anos em que habitualmente há mais chumbos: a taxa de retenção entre os alunos do 2.º, 7.º e 10.º anos reduziu mais de 10% no ano passado quando comparado com o ano anterior, segundo dados do Ministério da Educação.

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques