uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Autarcas querem mais transportes públicos no Sobralinho

Não há um único autocarro a circular ao fim-de-semana no centro da vila.

Edição de 10.07.2019 | Sociedade

Os eleitos da Assembleia de Freguesia de Alverca e Sobralinho, concelho de Vila Franca de Xira, querem uma oferta de transportes que satisfaça as necessidades da população na vila do Sobralinho que é actualmente servida por uma rede pouco variada e inexistente ao fim-de-semana. Para isso, a assembleia aprovou uma moção onde pedem que o novo modelo de transportes para a Área Metropolitana de Lisboa (AML) reforce os autocarros e horários existentes.
O documento apresentado pela bancada do Bloco de Esquerda na última assembleia de freguesia foi aprovado por unanimidade. A moção recomenda que a AML e a Câmara de Vila Franca de Xira tenham em conta “o direito dos sobralinhenses a um serviço público de transportes” que circule com regularidade nos dias úteis, fins-de-semana e feriados e faça a ligação ao transporte ferroviário. A moção vai ser enviada à Comissão Executiva Metropolitana de Lisboa, ao executivo da câmara municipal e assembleia municipal.
A moção lembra que “é necessária a alteração do actual paradigma de mobilidade da sociedade” e que, para isso, é preciso investir numa rede de transportes que assegure a mobilidade da população. Observam também os eleitos que é fundamental a adaptação dos veículos ao transporte de pessoas com mobilidade reduzida.
Os autarcas consideram ainda que este é o tempo para sugerir o reforço à rede, uma vez que está prevista para o ano de 2020 a criação da operadora de transportes metropolitanos de Lisboa [Carris] que vai aglomerar todas as empresas de transportes públicos rodoviários dos 18 concelhos da AML e reorganizar o mapa da rede. A AML já anunciou que espera conseguir ainda este ano lançar o concurso para concessionar o novo modelo que vai responder melhor às necessidades da população e aumentar a oferta de transportes.

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques